WEBINÁRIO: PATRIMÓNIO SINEIRO PORTUGUÊS

Os sons dos sinos integram a paisagem cultural e sonora de diversas cidades portuguesas que ainda mantêm activos esses instrumentos como parte de seu património sonoro e artístico. Através dos seus toques, os sinos foram responsáveis, desde tempos remotos, por ordenar o tempo, alegrar as festividades, comunicar publicamente variadas notícias, alertar para as intempéries e incêndios, garantir a proteção espiritual, chorar os mortos, regular o trabalho, ajudar nos partos difíceis, entre outras funções. O cotidiano das cidades era marcado pela presença constante de uma “sonoridade brônzea”, organizada através de um sofisticado sistema de códigos sonoros reconhecidos por seus habitantes. A salvaguarda do importante património sineiro, em território português – no qual identifica-se sinos datados desde o século XIII -, a preservação dos saberes relacionadas à prática de fundição, a relevância da recuperação e preservação dos toques manuais, o impacto da mecanização, a valorização do ofício de sineiro(a) e o debate sobre a cultura sineira portuguesa como património material e imaterial serão alguns dos temas tratados por especialistas convidados no webinário O PATRIMÓNIO SINEIRO PORTUGUÊS, realizado pelo projeto PASEV – Patrimonialização da Paisagem Sonora de Évora, da Universidade de Évora.

  • Data: 16.Abril.2021
  • Organização: PASEV, CESEM/UÉ, CIDEHUS.
  • Apoio: Direção Regional de Cultura do Alentejo – DRCA, ICOMOS-Comissão Nacional Portuguesa.
  • Inscrição gratuita mas obrigatóriahttps://forms.gle/P6gdDkAABWQuXrrP9

PROGRAMA

Apresentação

11h00-11h10 – Antónia Fialho Conde (Coordenadora do Grupo 2 – Patrimónios, Literacias e Diversidade Cultural do CIDEHUS; Directora do Mestrado em Gestão e Valorização do Património Histórico Cultural da Universidade de Évora; PASEV-UÉ) 

Sessão I  

11h10 – 11h40 – Luis Sebastian (DRCN – UNL/IAP – Instituto de Arqueologia e Paleociências) 

O sino enquanto objeto de investigação histórica e bem patrimonial

11h40 – 12h10 –  Elisa Lessa (Universidade do Minho – CEHUM) 

Sob o soar dos sinos: Braga, entre o passado e o presente

12h10 – 12h40 –  Carlos Jerónimo (Fundição de Sinos de Braga Serafim da Silva Jerónimo & Filhos Lda) 

A Fundição de Sinos de Braga Serafim da Silva Jerónimo & Filhos: a visão de quatro gerações de fundidores


Sessão II  

14h – 14h30 – João Soeiro de Carvalho (UNL – INET-md)

Da torre para a terra: a cultura no som dos sinos

14h30 – 15h – Chiquinho de Assis (Secretário de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Ouro Preto e Consultor no projeto que registrou o Toques dos Sinos e o Ofício de Sineiro, em Minas Gerais, como Património Cultural Imaterial – Brasil)

A prática sineira em Minas Gerais: relatos etnográficos

15h – 15h30 – Rodrigo Teodoro de Paula (Universidade de Évora – PASEV/CESEM)

Dinamização do património sineiro português: o caso eborense​


15h30 – 16h00

Exibição do documentário O SOM DOS SINEIROS (11’33”) e conversa com a diretora do filme, Vanessa Cortez.

Filipe Themudo Barata | Memórias de uma trajetória – 1983 – 2020

Após quase 40 anos de docência, o dia 01 de Outubro de 2020 assinala a despedida do professor Filipe Themudo Barata, professor Catedrático do Departamento de História da Universidade de Évora, Investigador do CIDEHUS-UÉ e Titular da Cátedra em Património Imaterial e Saber-Fazer Tradicional da mesma universidade.

A Cerimónia de Jubilação realizar-se-á no Auditório Nobre da Universidade de Évora, a partir das 15h.

PROGRAMA

1. António Candeias (Vice-Reitor para a Investigação e Desenvolvimento da Universidade de Évora) A Dinastia Filipina – Da studia humanitatis à União dos Patrimónios

2. Helder Adegar Fonseca (Decano de História, Departamento de História, Escola de Ciências Sociais) Da Construção do Departamento de História (Estudos Históricos) ao Passado do Presente

3. Mafalda Soares da Cunha (Departamento de História, Escola de Ciências Sociais) O Filipe e o Departamento de História.

4. Filomena Gonçalves (Departamento de Línguas e Literaturas, Escola de Ciências Sociais) Filipe Themudo Barata: percurso no CIDEHUS

5. Fernando Branco Correia (Departamento de História, Escola de Ciências Sociais) História Medieval e do Mediterrâneo

6. Teresa Pinto Correia (Departamento de Paisagem, Ambiente e Ordenamento, Escola de Ciência e Tecnologia & MED-UÉ), Colaborações Interdepartamentais

7. Sónia Bombico (Cátedra UNESCO em Património Imaterial), A construção de um território de investigação e transferência de conhecimento: A Cátedra UNESCO em Património Imaterial da UÉ

17h | Última Lição | Filipe Themudo Barata: “A vida é a soma das suas escolhas”, Albert Camus

18h | Beberete

Em virtude das contingências da COVID-19, a entrada será reservada a convidados e é limitada à lotação do Auditório Nobre da Universidade.

The Intangibles of Heritage: Concept, Recording, Safeguarding

“The Intangibles of Heritage: Concept, Recording, Safeguarding” is an international seminar that intends to bring forth interdisciplinary perspectives to the concept of intangible heritage, the ways of its recognition and transmission, as well as definitions. The aim is to deepen the discussion between academics and students of the graduate level, master and doctoral in particular.

It is taking place within the framework of the FCT HERITAS – heritage studies PhD programme (University of Évora & Faculty of Fine Arts of Lisbon) and Erasmus Mundus Joint Master TPTI – Techniques, Patrimoine, Territoires de l’Industrie (University Paris 1 Panthéon-Sorbonne, University of Padua, University of Évora).

With support of UNESCO Chair in Intangible Heritage and Traditional Know-How: Linking Heritage, CIDEHUS  and CHAIA , the seminar is jointly organized within the PhD project of Nevena Tatovic “Hearing Holy Landscapes: Heritage of Silence – Intangibility Between  Nature and Culture” (FCT_HERITAS PD/BD/150442/2019) and the PhD project of Nevena Ilic “Analog photography as tangible and intangible world heritage“ (FCT_HERITAS PD/BD/150445/2019).

In light of the circumstances of the Covid – 19 pandemic, the event will be happening online.

For programme and other details about joining the online session, please visit https://intangiblesheritage.wixsite.com/ioh1

ORGANIZATION:

Nevena Ilic  (CIDEHUS – University of Évora)

Nevena Tatovic  (CIDEHUS – University of Évora)

Paula Kramer Lima (Piaget Institute – Portugal)

encontro_reunião_aberta #EstatuáriaUrbana_PatrimónioCultural

17.Junho.2020 – 18h (horário Lisboa)

#multidisciplinar #multilingue

open_meeting #UrbanStatuary_CulturalHeritage

réunion_ouverte #StatuaireUrbaine_PatrimoineCulturel

offene_Sitzung #BildhauereiStadt_kulturellesErbe

встреча_открытое_собрание #ГородскаяСтатуя_КультурноеНаследие

The Mediterranean Diet and this pandemic moment: rebuilding our landscapes and fighting for our common future

No passado dia 14 de Abril, Filipe Themudo Barata conduziu o webinar “The Mediterranean Diet and this pandemic moment: rebuilding our landscapes and fighting for our common future”, organizado pelo projecto MD.Net

O webinar focou o impacto que o momento actual de pandemia poderá ter na Dieta Mediterrânica, assim como a necessidade de preservação das paisagens culturais de produção alimentar a ela associadas, por forma a garantir a reconstrução do nosso futuro. Este foi o segundo webinar organizado pelo projecto, que pretende promover as distintas dimensões da Dieta Mediterrânica, inscrita na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade em 2010.

O webinar completo pode ser assistido aqui:

O projecto MD.Net é co-financiado pelos fundos europeus para o desenvolvimento regional, através do programa Interreg Mediterranean.