Património Cultural Imaterial da Raia (Alentejo e Extremadura)

Seminário Olivença

16 e 17 de Novembro de 2021

Dia 16 de Novembro (terça-feira)

Manhã (11h-14h) Hora Local

Mesa 1 – Institucional

Alcalde do Ayuntamento de Olivença

Titular da Cátedra Unesco/UÉ

Directora do CIDEHUS

Directora Regional de Cultura do Alentejo

Secretária Geral de Cultura da Junta da Extremadura

Mesa 2 – Estudos Etnográficos da Raia: gastronomia, etnomusicologia, piedade popular

Aurélio Lopes (Moderador) – Religiosidades e ofertas votivas: efemeridades e persistências

Miguel Angel Vallecillo – Aproximación al estudio de la piedad popular en la Raya. El caso de Olivenza

Natália Pires – Canciones de columpio e romanceiro: interseções e memóri]a(s)

Debate

Tarde (16h30-18h30 Hora Local)

Mesa 3 – Conto e Literatura popular da Raia

Cláudia Sousa Pereira (Moderadora) – Contar, contarmo-nos: quando ao longo da rua os números pares e ímpares se confundem

Rui Arimateia – A função de mais humanidade através do acto de contar e de escutar um conto tradicional

Francisco Gadella  –  La poesia en la Raya/A poesia na Raia

Debate

Dia 17 de Novembro (Quarta-feira)

Manhã (11h-14h) Hora Local

Mesa 4: Falares da Raia

Maria Filomena Gonçalves (Moderadora) – O Barranquenho como língua raiana: caminhos da preservação e reconhecimento oficial

Xosé Henrique Costas – A revitalização das falas luso-espanholas de fronteira

Teresa Simão – O Falar de Marvão/ Valencia de Alcántara – ancestral elemento de união

Debate

Mesa 5: Normativos de PCI com aplicação na Raia

Eduardo Machado (Moderador) – A minha mãe disse que tinha que falari en portugué porque senão não parecia filho da mesma mãe

Ismael Sánchez Exposito e Carlos Calderón Torres – La gestión del património cultural inmaterial en Extremadura

Aires de Carvalho – Uma cidadania ativa para a preservação dos patrimónios: o caso da rede de Centros e Clubes UNESCO

Debate

Tarde (16h30-18h30 – Hora Local)

Mesa 6: Museus da Raia e o PCI

Filipe Themudo Barata (Moderador) – Os patrimónios de fronteiras. Notas sobre políticas públicas de salvaguardai

Hugo Guerreiro – A ação do Museu Municipal de Estremoz nos processos de salvaguarda e valorização do património cultural imaterial da região

Laura Tirado – El legado del PCI en el Museo Etnográfico Textil de Plasencia

José Calado – Sobre a valorização do Património Vitivinícola transfronteiriço: os museus de Redondo (Alentejo) e Almendralejo (Extremadura)

Debate

Faça o download do programa completo.

Descarga el programa completo.

Não são necessárias inscrições prévias.

O evento será presencial e será transmitido em direto.

E-mails de contacto: culturaportuguesaolivenza@gmail.comjoaobrigola@gmail.com 

Organização: Cátedra Unesco/U. de Évora e Ayuntamento de Olivença

Local: Convento de S. João de Deus (Convento de S. Juan de Dios)


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *